Ponte: Cercigui distinguida com Medalha de Serviços Distintos

PorFórum

Ponte: Cercigui distinguida com Medalha de Serviços Distintos

O grau ouro da Medalha de Serviços Distintos foi atribuído, na cerimónia de comemoração dos 25 anos de elevação de Ponte a vila, à Cercigui que além de ter as instalações de um dos centros de atividades ocupacionais e do lar residencial no parque industrial desta freguesia colabora com esta freguesia vimaranense noutros projetos comunitários.

“Os nossos sinceros parabéns pelos 25 anos de elevação a Vila! Ponte está mais progressista que nunca, tem obra, tem percurso, tem uma estratégia apontada ao futuro. Mas mais importante do que tudo isso, hoje todos reconhecem que PONTE ganhou personalidade, prestígio, valorizou-se enquanto território e deu ambição às suas gentes”, começa por dizer a organização social no comunicado sobre este reconhecimento.

A Cercigui tem vindo a escrever, em parte, a história da freguesia, nomeadamente ao conseguir o apoio logístico para desenvolver o projeto Plataforma Madre Teresa de Calcutá que apoia a inclusão no escutismo de pessoas com deficiência. “Somos o único agrupamento de escutismo adaptado do país e a nossa sede é precisamente no edifício da Junta de Freguesia de Ponte. Foi lá que nos abriram a porta, cedendo gentilmente um espaço onde podemos fazer as nossas reuniões e preparar as nossas atividades”, lê-se no comunicado.

“Nós, CERCIGUI, reforçamos este orgulho enorme em fazer parte desta vila, da sua história, da sua vida e só poderemos prometer que caminharemos sempre lado a lado, porque Ponte não pára e nós também não”, termina.

Sobre o autor

Fórum editor

O Fórum Municipal das Pessoas com Deficiência é um órgão informal de debate, de consulta e informação que funciona com o apoio da Divisão da Ação Social da Câmara Municipal de Guimarães e que, em 2018, completa 15 anos de existência. Composto por representantes de associações e instituições públicas e privadas, pessoas com deficiência e respetivos representantes o Fórum assume como principais funções a promoção e organização de debates temáticos e de ações e projetos de interesse para as pessoas com deficiência, assim como a apresentação de propostas e sugestões dirigidas a este público. Podem fazer parte do Fórum associações e instituições públicas e privadas, com personalidade jurídica, pessoas com deficiência e seus representantes. Os membros devem ser registados.

Deixar uma resposta