Dia da mulher: instituições de Guimarães assinalam data

PorFórum

Dia da mulher: instituições de Guimarães assinalam data

O Dia Internacional das Mulheres, assinalado a 08 de março, é um dia importante para recordar as conquistas históricas das mulheres por direitos iguais aos homens.

As desiguais oportunidades que ainda hoje existem entre homens e mulheres encontram expressão nas diferenças salariais ainda praticadas, na violência contra as mulheres que todos os dias é notícia e manifestam-se evidentes em muitos outros níveis.

“Para estas discriminações contribuem especialmente a não aplicação de leis que as protejam, a desigualdade de oportunidades no acesso a uma educação inclusiva e no acesso ao emprego, além da não inclusão sistemática de mulheres com deficiência em cargos de representação e de tomada de decisão política, bem como a negação dos seus direitos reprodutivos e sexuais”, lê-se num artigo do site da Plataforma Portuguesa para os Direitos das Mulheres.

As mulheres com deficiência estão mais expostas a todas estas discriminações, aos estereótipos e estigmas sociais e assinalar esta data faz com que a reflexão e a lembrança de tudo o que falta ainda mudar se efetivem.

Veja na galeria de imagens como o lar residencial e centro de atividades ocupacionais Alecrim, valências da Santa Casa da Misericórdia de Guimarães, a Cercigui, o Centro Social de Brito e a Associação de Paralisia Cerebral de Guimarães assinalaram esta data.

Centro Social de Brito: realizou uma largada de balões em homenagem às mulheres ucranianas que, devido ao contexto da guerra com a Rússia, se encontram numa situação de maior vulnerabilidade.

Cercigui: foram usadas flores e coroas para assinalar a data e homenagear as clientes e todas as colaboradoras desta instituição vimaranense.

Alecrim: além do M decorativo e alusivo à data, as clientes da instituição foram presenteadas com uma flor.

Sobre o autor

Fórum administrator

O Fórum Municipal das Pessoas com Deficiência é um órgão informal de debate, de consulta e informação que funciona com o apoio da Divisão da Ação Social da Câmara Municipal de Guimarães e que, em 2018, completa 15 anos de existência. Composto por representantes de associações e instituições públicas e privadas, pessoas com deficiência e respetivos representantes o Fórum assume como principais funções a promoção e organização de debates temáticos e de ações e projetos de interesse para as pessoas com deficiência, assim como a apresentação de propostas e sugestões dirigidas a este público. Podem fazer parte do Fórum associações e instituições públicas e privadas, com personalidade jurídica, pessoas com deficiência e seus representantes. Os membros devem ser registados.

Deixar uma resposta