Vitória SC veste a camisola de instituições vimaranenses ligadas à infância e deficiência

PorFórum

Vitória SC veste a camisola de instituições vimaranenses ligadas à infância e deficiência

No âmbito da iniciativa “Vitória Solidário”, o clube de Guimarães veste a camisola da CERCIGUI, da Associação de Paralisia Cerebral de Guimarães (APCG) e da Casa da Criança. Miguel Pinto Lisboa, presidente do emblema vitoriano, anunciou a 25 de novembro a colaboração com estas três instituições. Assim, nos jogos da Primeira Liga com o Tondela, Portimonense e Santa Clara, o Vitória entrou em campo com camisolas nas quais fez “publicidade” à CERCIGUI, a APCG e a Casa da Criança.

O presidente do Vitória na apresentação do “Vitória Solidário” disse que o objetivo principal desta iniciativa é aproximar mais o clube dos seus adeptos e da população vimaranense em geral e contribuir, de alguma forma, para o atenuar de algumas dificuldades que possam existir. “Com isto, através destas instituições que nos contactaram, queremos homenagear todas as instituições e, certamente, nesta quadra natalícia, outras iniciativas se seguirão”, garantiu Miguel Pinto Lisboa.

As camisolas a envergar pelos jogadores foram depois oferecidas às três instituições para as poderem leiloar e assim garantirem verbas para financiarem as suas atividades.

Sobre o autor

Fórum administrator

O Fórum Municipal das Pessoas com Deficiência é um órgão informal de debate, de consulta e informação que funciona com o apoio da Divisão da Ação Social da Câmara Municipal de Guimarães e que, em 2018, completa 15 anos de existência. Composto por representantes de associações e instituições públicas e privadas, pessoas com deficiência e respetivos representantes o Fórum assume como principais funções a promoção e organização de debates temáticos e de ações e projetos de interesse para as pessoas com deficiência, assim como a apresentação de propostas e sugestões dirigidas a este público. Podem fazer parte do Fórum associações e instituições públicas e privadas, com personalidade jurídica, pessoas com deficiência e seus representantes. Os membros devem ser registados.

Deixar uma resposta