O verão é inclusivo

PorFórum

O verão é inclusivo

Verão é sinónimo de férias e para os clientes das instituições vimaranenses não é exceção porque têm a oportunidade de descansar da rotina diária e de aproveitar o bom tempo, que este ano teima em não se instalar de forma definitiva.

Uns dias melhores outros piores, faça chuva ou faça sol, a verdade é que a diversão é garantida e só os sorrisos na cara de todos os clientes, que se dividem em idas à praia, à piscina, piqueniques, acampamentos e muitas outras atividades organizadas para esta altura do ano, não tiram folga.

Alecrim – Centro de Atividades Ocupacionais e Lar Residencial da Santa Casa da Misericórdia de Guimarães

Julho já foi um mês repleto de atividades. Desde idas à piscina de Brito, passeios à praia de Mindelo, em Vila do Conde, e piquenique na Penha, em Guimarães, com direito a uma viagem de teleférico e um passeio de comboio turístico.

Houve tempo ainda para visitar o parque de diversões Magikland, em Penafiel, para assistir ao musical do Rei Leão no Centro Cultural Vila Flor, para participar na atividade “Pintura com Fios” na Biblioteca Municipal Raul Brandão e para desenvolver os dotes de culinária.

Em agosto os clientes do Alecrim não faltaram às Festas da Cidade, as Gualterianas, e realizaram outros passeios pela cidade. Além disso, o mês promete ainda uma visita ao Sealife, ao Picoto Park e ao Bom Jesus, em Braga. Os clientes do Alecrim vão ainda assistir ao filme “Rei Leão” e desfrutar de um Sunset na sede da instituição.

Associação de Paralisia Cerebral de Guimarães

Os passeios de verão da APCG incluíram idas à praia, quer de Vila do Conde, quer da Póvoa de Varzim, com direito a uma atividade de surf adaptado para mostrar que esta modalidade é inclusiva e pode ser praticada por todos. Os clientes desta instituição também visitaram o Magikland, em Penafiel, foram ao Aquamuseu, em Vila Nova de Cerveira, e à praia fluvial de Adaúfe, em Braga.

As idas ao shopping, ao parque da cidade e a Serralves, no Porto, foram também memoráveis, mas o “Acampamento à Aventura” foi uma experiência que garantiu muita diversão e felicidade. Esta iniciativa de três dias, além do acampamento no Centro Escutista da Penha, incluiu uma visita à Quinta das Manas e uma ida à piscina do Clube Paraíso.

Em agosto já houve direito a uma ida ao cinema para ver o filme do Tony Carreira.

Cercigui

Também os clientes da Cercigui andam a aproveitar o ar livre e os belos dias de verão por esta região fora. Desde passeios à Penha e a S. Torcato, em Guimarães, passando pela Barragem de Queimada, em Fafe, houve até oportunidade para uma ida ao Porto para desfrutar de um passeio de comboio.

O verão tem sido animado também para os formandos do Centro de Reabilitação e Formação Profissional que realizaram o passeio anual a Viana do Castelo, onde visitaram o Museu do Chocolate e fizeram um piquenique em Santa Luzia. Houve tempo ainda para passear pelo centro histórico da bela capital do alto Minho. Além disso também aproveitaram os dias de calor na Piscina da Costa e no Viva Park e o curso de Cozinha foi ainda visitar a Pousada Mosteiro de Guimarães na Costa para os formandos conhecerem as instalações e alimentarem a esperança de um dia poderem ali realizar um estágio.

Também no âmbito do PELE, um projeto artístico e social da CERCIGUI que aborda de uma forma integrada a inclusão e acessibilidade, através das práticas artísticas, para pessoas com deficiência e incapacidades, os clientes da instituição visitaram a Casa da Memória em Guimarães

Realizou-se ainda o habitual convívio anual da Associação de Pais e Representantes dos Utentes da Cercigui. Um evento que contou com a participação dos jovens e famílias das escolinhas de Futsal da Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Nespereira.

O CRI – Centro de Recursos para a Inclusão realizou mais um campo de férias de verão, entre os dias 1 e 12 de julho com o intuito de apoiar as famílias, durante a pausa letiva de verão.

Dirigido aos alunos que exigem um apoio técnico especializado durante a realização das atividades, o campo de férias, este ano, contou com a parceria da Escola Básica 23 João de Meira e da Casa da Juventude de Guimarães. Foram dias animados na Piscina da Costa, no Parque aquático de Guimarães e na Albufeira da Queimadela, em Fafe.

Sobre o autor

Fórum editor

O Fórum Municipal das Pessoas com Deficiência é um órgão informal de debate, de consulta e informação que funciona com o apoio da Divisão da Ação Social da Câmara Municipal de Guimarães e que, em 2018, completa 15 anos de existência. Composto por representantes de associações e instituições públicas e privadas, pessoas com deficiência e respetivos representantes o Fórum assume como principais funções a promoção e organização de debates temáticos e de ações e projetos de interesse para as pessoas com deficiência, assim como a apresentação de propostas e sugestões dirigidas a este público. Podem fazer parte do Fórum associações e instituições públicas e privadas, com personalidade jurídica, pessoas com deficiência e seus representantes. Os membros devem ser registados.

Deixar uma resposta